gototop
SECTI
FacebookTwitter

Tecnologia - GDF Sinal Livre

O Sinal Livre foi construído a partir da Wireless Mesh, uma tecnologia contemporânea bastante utilizada em redes corporativas e, principalmente, em redes metropolitanas de Wi-Fi. Em comparação com outras soluções, é a mais econômica e eficiente. As redes Mesh sem fio podem conectar, com facilidade, rapidez e efetividade, cidades inteiras.

A Wi-Mesh permite que vários nós/roteadores passem a se comportar como uma única e grande rede, com handover automatizado, que permite ao usuário conectar-se em qualquer um desses roteadores sem perder o sinal ou ter que efetuar novo login. Os roteadores têm a função de repetidores, que “conversam” e conectam-se entre si.

Os pontos Mesh são pequenos radiotransmissores que funcionam da mesma maneira que um roteador wireless. Os pontos utilizam os padrões Wi-Fi comuns, conhecidos como 802.11a, b, g e n para se comunicar, sem fio, entre si e com o usuário. Os pontos são programados com a utilização de um software, que direciona como devem interagir dentro da rede.

As informações percorrem do ponto A ao ponto B, saindo, sem o uso de fios, de um ponto mesh ao ponto seguinte. Os pontos “escolhem” automaticamente o caminho mais seguro e rápido para fazer o sinal chegar ao usuário, em um processo conhecido como roteamento dinâmico.

Data Center

O Sinal Livre possui um moderno data center. Formado por aparelhos e programas com tecnologia de ponta, ele é o cérebro da internet pública da capital brasileira. Trata-se do núcleo de processamento de dados do projeto. Considerando o porte e as configurações, o Sinal Livre é uma solução única no Brasil e com a capacidade para se tornar a maior rede de internet pública da América Latina, quando a cobertura alcançar todo Distrito Federal.


O data center possui uma capacidade de tráfego de até 100 Gigabytes, por dia. Isso permite o atendimento de, aproximadamente, um milhão de usuários durante o período. Com ele, o Sinal Livre também é capaz de controlar o fluxo de informações pelo tipo de acesso, protocolos e o formato de pacotes transmitidos.


Desta forma, por exemplo, é possível implantar mecanismos de segurança contra a pedofilia e a pornografia. Paralelamente, o sistema pode verificar e proteger-se de programas maliciosos (malwares) e formas de ataques digitais. A ferramenta também é capaz de controlar o fluxo de informações da rede para equilibrar a qualidade do acesso e da velocidade.


O sistema de segurança é construído a partir ASA 5500 Series é um appliance de segurança da Cisco que consiste em componente chave para a solução de rede. Com ele é fornecida uma alta escalabilidade e uma grande gama de tecnologias e soluções de segurança visando atender as necessidades dos mais variados ambientes.


Na estrutura do data center está presente o equipamento Controladora wireless responsável pela gestão e controle de todos os access points fornecidos pela solução de internet pública. A controladora Cisco 5500 Series é um appliance (programa de computador) dedicado ao controle centralizado de dispositivo Access Points (AP) no modo lightweight (controlado). Em uma solução de rede Wireless LAN centralizada o dispositivo realiza o provisionamento de configurações para os dispositivos AP, bem como a monitoração da rede wireless, controlando como os APs devem operar dentro da infraestrutura da rede WLAN.


No data center está instalado o Switch Core da solução, modelo 4500, que, juntamente com os switches instalados em cada uma das localidades remotas formará uma rede metro Ethernet, utilizando como meio de comunicação a rede ótica. Outra peça do sistema é o Switch Cisco Catalyst 4500 Series que provê alta performance, disponibilidade e desempenha o papel central na rede. O equipamento também é responsável por agregar e conectar todos os demais itens da solução.

Atualizado: 05/12/2014, às 11h47min.

 
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Sinal Livre Tecnologia