Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/09/20 às 12h20 - Atualizado em 16/09/20 às 12h21

O futuro é agora

COMPARTILHAR

 

Na manhã desta sexta-feira (24/07) foi inaugurado o primeiro laboratório permanente de 5G no Brasil. O espaço fica no Parque Tecnológico de Brasília e será aberto ao público que poderá explorar as possibilidades da conexão 100 vezes mais rápida. A estrutura, pronta desde março, é resultado de uma parceria entre a Biotic S/A, empresa subsidiária da Terracap responsável pelo desenvolvimento e ocupação do Parque, e as empresas Telefônica VIVO e Huawei.

 

Atendendo às recomendações sanitárias, a inauguração reuniu, presencialmente, apenas autoridades e foi transmitida ao vivo pelo canal do Youtube da Biotic e pelas redes sociais do GDF. O dispositivo de honra contou com a participação do secretário Nacional de Telecomunicações, Vitor Elisio Menezes; do vice-governador do Distrito Federal, Paco Brito; do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gilvan Máximo; do secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eduardo Pereira Filho; do presidente da Terracap, Izidio Santos Junior; e do diretor-presidente da Biotic S/A, Gustavo Dias Henrique. O evento contou, ainda, com a presença do diretor-presidente da FAPDF, Alessandro Dantas, e do vice-presidente da Huawei Brasil, Steven Shen.

 

“O 5G está no debate mundial porque vai revolucionar todo o ecossistema e a vida das pessoas. A Huawei e a Vivo foram empresas que se apresentaram desde o primeiro momento para esse projeto e esse ambiente é para que possamos conhecer essa tecnologia, pois o debate é amplo, sensível e tem permeado todos os aspectos da nossa vida, então queremos esse piloto em Brasília para promover esse debate importante para o país”, afirmou o diretor-presidente da Biotic, Gustavo Dias Henrique.

 

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação destacou a importância da internet 5G para atingir uma das principais metas do governo do Distrito Federal, a de transformar Brasília na primeira cidade inteligente da América Latina. “Quando assumimos dissemos que faríamos Brasília a primeira cidade inteligente do Brasil e da América Latina e uma prova disso é o chegada do 5G. Somos a primeira cidade a ter um ambiente como esse. Nós passamos, em Brasília, por uma revolução tecnológica: estamos com 13 laboratório

Secretário Gilvan Máximo experimenta alta velocidade do 5G

s de robótica e vamos chegar a 100 unidades para capacitar mais de 15 mil jovens para as profissões do futuro; temos os carros do projeto Vem DF de eletromobilidade; implementamos o Wi-fi Social e pretendemos chegar a 150 pontos fixos. São ações como essas que configuram nossos primeiros passos para sermos uma cidade inteligente. Brasília nasceu moderna, é contemporânea e será a primeira cidade inteligente do país”, ratificou Gilvan Máximo.

 

O vice-governador, Paco Brito, destacou o pioneirismo brasiliense em oferecer um ambiente de experimentação de 5G, característica que, segundo ele, marca as ações do GDF e reflete positivamente não apenas no desenvolvimento científico e tecnológico da capital federal, mas em diversas áreas essenciais. “Esse é o caminho da inovação e do comprometimento de transformar Brasília em protagonista na área da inovação e da tecnologia  para concretizarmos uma cidade inteligente. O parque será o pioneiro em testes com a internet 5G que, além de fornecer navegação rápida e reduzir tempo de download drasticamente, oferece inúmeras outras vantagens, como redução do consumo de energia em 90%, o que beneficia não só o meio ambiente, mas a economia. Teremos que nos reeducar a usar a internet e essas ferramentas novas para muitos, inclusive pra mim. Queremos com isso transformar Brasília na capital tecnológica do país”, destacou.

 

Inteligência produtiva – Foi exatamente esse aspecto intersetorial que o gerente de Estratégia e Marketing da Huawei Brasil, Tiago Fontes, destacou em sua palestra sobre o “5G e suas aplicações na indústria logística”. Ele apresentou a experiência do 5G Smart Campus Warehouse Huawei, em Sorocaba/SP, o primeiro armazém da América Latina conectado à nova tecnologia conectiva.

 

Tiago Fontes apresenta armazém inteligente conectado ao 5G

“Hoje todo o processo é gerenciado e mapeado em tempo real, reduzimos o tempo de envio de materiais em 30% e o inventário de materiais também se tornou mais rápido. Com o 5G instalado no armazém também pudemos instalar um 5G privado. Com apenas 12 antenas foi possível economizar 50 mil metros de cabos, tornando a conexão mais rápida e eficiente e aumentando a mobilidade na produção”, exemplificou o executivo para demonstrar como a integração da internet 5G a linhas produtivas pode modernizar as linhas produtivas, aumentar a capacidade produtiva e contribuir para o desenvolvimento econômico e de mercado.

 

Para trabalhar com esse armazém tecnológico, Tiago Fontes destacou que a empresa já conta com veículos automáticos e câmeras integrados ao 5G e pretendem integrar, ainda, esteira de pesagem e embalagem, assim como o sistema de radiofrequência e nuvem gerenciável de teste. “Estamos trabalhando em outras aplicações, como um empilhadeira autônoma para reduzir riscos aos funcionários do armazém, e robôs para limpeza do ambiente”, complementa.

 

 

Visite o laboratório – É exatamente para demonstrar essas e muitas outras possibilidades que a internet 5G pode oferecer às pessoas, empresas, governos e cidades que o laboratório permanente foi criado no Parque Tecnológico de Brasília. Diante da pandemia de Covid-19 e das medidas de segurança para evitar a proliferação da doença, a visitação ao laboratório será limitada e precisará ser previamente agendada. Os interessados devem entrar em contato com a Biotic pelo e-mail bioticsa@bioticsa.com.br.